Burmese

burmese
Burmese

Burmese

Segundo a lenda, existia num templo um gato branco, de pelo comprido, que era o fiel companheiro de um sacerdote. Quando este morreu, assassinado por invasores, o gato pulou para cima do corpo de seu dono e aí ficou, para evitar que alguém se aproximasse.

Nesse momento, sua pelagem foi ficando cor de creme. Os olhos dourados tornaram-se azuis e as patas, nariz, orelhas e cauda, azuis – cinzentos. Apenas os quatro pés, que estavam em contato com o corpo do defunto, permaneceram brancos.

Depois disso, todos os outros gatos criados nos templos ficaram iguais a ele. Ao que tudo indica, o Sagrado da Birmânia descende dos gatos que eram venerados como deuses nos templos budistas da Birmânia (atual Myanmar), na Àsia, no séculoXV.

Os sacerdotes acreditavam que os fiéis retornavam à Terra na forma de gatos. Há várias descrições da chegada dos primeiros exemplares da raça à Europa.

A história da raça, que divergiu durante a última metade da década de 1940, produziu dois tipos distintos de Sagrado da Birmânia: o gato inglês tem um porte mais oriental, e o americano é mais robusto

CARACTERÍSTICAS


País de origem:Birmânia

Pelagem:curta, fina, sedosa e brilhante.

Atividade Física:Baixa

Miado:Mia muito

Cuidados:Requer poucos cuidados

Filhotes:4 a 5 filhotes

Convivência:Ótimo convivio

Peso:4 a 7 kg

Texto: fonte - InternetImagem: fonte - http://www.cheap.co.uk
854 Visualizações

 

Veja também:

siames
Siamês
angora_turco
Angorá Turco

Comentários