Cavalier King Charles Spaniel

cavalier_king_charles_spaniel
Cavalier King Charles Spaniel

O Cavalier King Charles Spaniel partilha raízes comuns com o King Charles Spaniel. Até ao século XX, as duas raças viviam sob o nome King Charles Spaniel. Eram os cães colo da nobreza e inacessíveis às outras ordens, visto que só a aristocracia se podia dar ao luxo de ter cães que não trabalhavam.

Tidos como cães confortadores, eram mesmo prescritos pelos médicos para curar algumas maleitas. Eram preferidos pelo Rei Charles de Inglaterra que autorizou que estes cães fossem permitidos em todos os estabelecimentos.

É um cão alegre, amistoso e muito pouco tímido, o que torna o convivio com o Cavalier muito fácil e agradável. Com alguma tendência para ladrar, dão bons cães de alerta, mas péssimos cães de guarda, pois recebem bem os estranhos.

Se dão bem com outros animais, gatos e cães de diferentes portes, mas a socialização da raça não deve ser negligenciada. Descendente de cães de caça, gosta de seguir trilhos e pode perseguir animais menores, por isso é importante vigiar as primeiras apresentações com gatos.

Seu faro é invejável, o que o levou a ser utilizado algumas vezes para farejar drogas e participar de caçadas. Na Inglaterra, onde a caça é permitida, sua performance de caçador é notável.

Ativos em casa, são boa companhia para crianças e idosos. Têm uma grande necessidade de atenção e não suportam bem períodos de solidão, e o tédio pode levá-los a desenvolver o comportamento de latir em demasia.

São cães que se adaptam bem à vida em apartamento. Em casas com um pequeno jardim ao qual possam ter acesso durante o dia, sentem-se como reis. O Cavalier King Charles Spaniel necessita de passeios diários. a brincadeira dentro de casa desgasta bastante as suas energias, mas não é suficiente.

Essa disposição, aliada a uma grande agilidade, fazem com que possam participar com sucesso de provas como o Agility. Sempre disposto a agradar ao dono, o treino não se revela particularmente difícil com esta raça.

O longo pelo, ao contrário do que sugere, implica pouco trabalho, bastando um banho e uma escovadela semanal. Não é necessário aparar a pelagem exceto na região entre os dedos.

CARACTERÍSTICAS


País de origem:Grã-Bretanha

Utilização:Companhia.

Tamanho:30 a 33 cm.

Peso:5,4 a 8 quilos.

Aspectos Gerais:Pequeno, bem proporcionado e de expressão doce.

Pelagem:Longa, sedosa, macia, permitindo-se leves ondas. Franjas longas nas orelhas, membros e cauda. Franja nas patas é considerada uma qualidade. A cor pode ser bleinheim, com marcações em castanho-avermelhada distribuídas em um fundo branco-pérola; rubi, com vermelho sólido bem forte; preta e canela, preta com marcações em castanho acima dos olhos, faces, interior das orelhas, no peito, pernas e sob a cauda; tricolores, com marcações preta e castanha e com o preto bem distribuído em fundo branco-pérola.

Longevidade:10 a 12 anos.

Agressividade:Baixa

Área de Criação:Pequena

Temperamento:Alegre, amistoso, dócil, ativo, gracioso, gentil e afetuoso.

Atividade Física:Moderada

Texto: fonte - Anuário Cães 2010 - Editora Minuano
393 Visualizações

 

Veja também:

bichon_frise
Bichon Frisé
cao_lobo_checo
Cão Lobo Checoslovaco

Comentários