Deerhound ou Galgo Escocês

deerhound
Deerhound ou Galgo Escocês

O Deerhound, Galgo Escocês ou Cão Veadeiro Escocês é uma antiga raça Britânica por vezes chamado de “Galgo Inglês de Pêlo Duro”, embora este não seja o termo mais correto. O nome Deerhound se origina de “cervo” (precisamente, em inglês “deer” significa cervo) do qual era, em épocas passadas, um implacável caçador.

A prova de que esta raça existe há milhares de anos, é a existência de uma grande quantidade de pedras esculpidas que se encontram por toda a Escócia, nas quais se reproduz um cão muito similar ao Deerhound. Desde a Idade Média tem sido o cão dos nobres e senhores escoceses, os quais o criaram com grande cuidado para utilizá-lo quase exclusivamente na caça ao cervo.

A desaparição deste animal da Grã-Bretanha marcou a decadência da raça, a qual é, hoje em dia, bastante rara fora de seu país. Sobre sua origem, estes cães provêm de antigos e recentes cruzamentos entre o Irish Wolfhound e o Galgo Inglês, com contribuição, em certos casos, de outras raças inclusive.

Hoje existe extremadamente puro, graças a uns poucos criadores dedicados, em coordenação com o Clube Inglês do Deerhound que fixou, no padrão da raça, as características deste cão.

O Deerhound foi tão estimado que o desejo pela propriedade exclusiva muitas vezes colocou em risco a continuidade da raça. Quanto mais os animais grandes iam ficando raros na Inglaterra e no sul da Escócia, mais o delicado e suave Greyhound foi tomando o lugar do Deerhound. As Terras Altas da Escócia, último lugar que permaneceu no seu estado original, tornaram-se o último reduto desta raça. Aqui novamente a propriedade tornou-se exclusiva dos donos das terras e essa regra foi tão severamente cumprida que, em 1769 o número de Deerhounds era muito pequeno. Foi por volta de 1825 que a raça foi restaurada com êxito por Arquibaldo e Duncan McNeill, e o Deerhound recuperou seu lugar de destaque e perfeição. A Grande Guerra, tempos mais tarde, teve efeito considerável sobre a raça, quando grandes estados na Escócia e Inglaterra ficaram falidos. Embora este “Cão Real da Escócia” seja representado em vários eventos na Inglaterra e Escócia, o Deerhound continua sendo um personagem raro de tamanho interesse histórico, que a posse de um deles deve dar muito orgulho ao seu dono. A alta estima pelo Deerhound vem do fato de que ele é um caçador nato, com várias características ideais que o tornam de grande excelência nas caçadas. Ele tem um faro apurado, que pode ser usado para rastreamento, mas é a combinação de força e velocidade necessárias para lidar com um grande veado escocês que é mais valorizado. Séculos de caça como companheiros e guardas dos chefes das Terras Altas deram ao Deerhound um desejo insaciável pela companhia humana. Por esta razão, os melhores Deerhounds raramente são criados em canis.

É, sem dúvida, menos ágil e veloz que o Greyhound, entretanto, é mais robusto e resistente que este. Necessita grandes espaços onde possa mover-se livremente, embora também goste de estar dentro de casa em estreito contato com os proprietários, a ponto de ser atualmente empregado, quase exclusivamente, como cão de companhia.

De excelente caráter, afeiçoa-se a toda a família; não briga com outros cães e nem morde. Excelente companheiro, recomendável para os que vivem no campo.

CARACTERÍSTICAS


País de origem:Grã-Bretanha

Utilização:Caça, corrida, cão de guarda e companhia.

Tamanho:Machos podem chegar de 76 cm a 81 cm e as fêmeas em média de 71 cm.

Peso:Machos pesam entre 38,5 kg a 48 kg e as fêmeas pesam entre 32 kg a 43 kg.

Aspectos Gerais:Sua construção sugere a singular combinação de velocidade, potência e resistência necessária para desempenhar suas funções. É um cão muito elegante, ligeiramente mais alto e robusto que o Greyhound que se caracteriza pela dureza de sua pelagem. A cauda do animal deve ser longa, grossa na raiz e ir afinando até a ponta, alcançando quase até o solo. Quando em movimento, sua cauda deve ser curvada, jamais elevada acima da linha superior. O pelo do animal deve medir de 7,5 cm a 10 cm.

Pelagem:Áspera, dura, mas sem ser peludo. Pelagem lanosa inaceitável. A pelagem do tronco, pescoço e membros é áspera e de arame em torno de 7,5 cm a 10 cm de comprimento; a da cabeça, peito e ventre bem mais macia. Uma leve franja na face posterior dos membros. Cinza escuro azulado, cinza escuro ou tigrado e castanho, areia avermelhado ou ruivo baio com pontos pretos. O peito e as patas devem ser brancas, admitindo-se uma pequena mancha branca na ponta do esterno, mas quanto menos branco mais valorizado, uma vez que sua pelagem é de cor uniforme.

Longevidade:10 a 14 anos

Agressividade:Baixa

Temperamento:Fiel e ágil, tem um temperamento tranquilo com estranhos, apesar de ser um cão um pouco arredio. Dócil e obediente, é fácil de treinar em virtude de sua necessidade de agradar. Gentil, amistoso e de bom temperamento, jamais desconfiado, agressivo ou nervoso. Sua conduta é de tranquila dignidade.

Atividade Física:Alta

Texto: fonte - Internet
815 Visualizações

 

Veja também:

gascao-de-saintongeois
Gascão de Saintongeois
griffon_de_aponte_korthals
Griffon de Aponte de Pelo Duro Korthals

Comentários