Dogue Brasileiro

dogue_brasileiro
Dogue Brasileiro

Resultado do cruzamento das raças Bull Terrier e Boxer, a raça se destacou rapidamente como excelente guardiã, já que além do instinto de defesa possui grande equilíbrio psíquico, coragem, inteligência e exímia capacidade de aprendizado e obediência.

Inicialmente os cães da raça foram chamados de Bull Boxer e a denominação só foi modificada para Dogue Brasileiro quando passou a ser reconhecida pela CBKC (Confederação Brasileira de Cinofilia). É um cão de guarda compacto, confiável e corajoso, sem ser desconfiado.

De seus ancestrais herdou docilidade e coragem. Sua função principal é proteger as pessoas e lares, particularmente em zonas urbanas, em que seu porte meciano auxilia.

Mostra-se sempre atento e observador, sério com estranhos meigo os donos, mas nunca gratuitamente agressivo.

Hoje, é a raça mais criada em Caxias do Sul – RS, segundo registro do Kennel Clube. Para homologação de títulos, é obrigatória a avaliação de caráter.

Origem de um trabalho quase acidental, realizado em 1978 pelo árbitro e cinófilo Pedro Ribeiro Dantas, que cruzou cães das raças Boxer e Bull Terrier, surgiu o Dogue Brasileiro no sul do Brasil. Atualmente, a raça conta, em menor proporção, com sangue de American Staffordshire Terrier.

Além do instinto de defesa possui grande equilíbrio psíquico, coragem, inteligência e exímia capacidade de aprendizado e obediência.

CARACTERÍSTICAS


País de origem:Brasil

Utilização:Guarda

Tamanho:Machos, de 54 a 60 cm (preferencialmente 58 cm); fêmeas, de 50 a 58 cm (preferencialmente 56 cm).

Peso:machos, de 29 a 43 quilos, preferencialmente, 39 quilos); fêmeas: de 23 a 39 quilos, preferencialmente, 33 quilos).

Aspectos Gerais:cão de aspecto sólido maciço e não esgaldado, se parecer, no entanto, atarracado ou desproporcionalmente pesado. É um cão ágil e robusto, de ossatura forte, com músculos longos e marcados, dando-lhe grande potência e impulsão.

Pelagem:curta, densa, luzidia e áspera. Qualquer cor, variação ou combinação de cores são aceitas sem qualquer restrição.

Longevidade:10 a 13 anos.

Agressividade:Média

Área de Criação:Média

Temperamento:cão ativo, atento e observador, de expressão séria para estranhos e meiga para com o dono. Equilibrado, apto à diciplina, porém destemido quando procado ou sob comando. Não deve dar demonstrações gratuitas de agressividade.

Atividade Física:Moderada

Texto: fonte - Anuário Cães 2011 - Editora MinuanoImagem: fonte - http://4.bp.blogspot.com/
1155 Visualizações

 

Veja também:

toy_fox_terrier
Toy Fox Terrier
buldogue_serrano
Buldogue Serrano

Comentários