Mastiff

mastiff
Mastiff

Os Mastiffs são tão antigos que aparecem nas descrições de César, na época em que invadiu a Inglaterra, em 55 a.C., onde esses cães valentes lutavam no combate às legiões romanas. Desde então, passaram a ser utilizados como cães de briga contra gladiadores humanos, touros, ursos, leões e tigres.

“Mastiff” na Inglaterra, país de origem desses cães, descreve mais um grupo de várias raças gigantes do que uma simples raça. É impossível saber qual das raças de Mastiff é a mais antiga e qual delas serviu como base de formação para as outras. Supõe-se que o grupo tenha se originado na Ásia.

Durante muitos anos foram utilizados como cães de combate, mas com a proibição das rinhas, em 1835, começou a ser usado como “cão de coleira” (preso de dia e livre à noite).

Apesar de aparência e porte massudo, é dócil com seus donos e eficiente na guarda com estranhos. Seu comportamento pode ser definido mais como digno do que alegre, nunca deve mostrar timidez.

CARACTERÍSTICAS


País de origem:Grã-Bretanha

Utilização:Guarda e defesa.

Peso:Proporcional ao tamanho e à estrutura.

Aspectos Gerais:Porte grande e massivo, denotando grandeza e dignidade. A cabeça lembra um cubo, Os membros são bem afastados e aprumados e músculos claramente definidos.

Pelagem:Moderadamente grossa, curta e assentada, com subpelo denso e curto. A cor pode ser abricó, leonina, leonina prateada ou leonina tigrada escura. O focinho, orelhas e nariz são pretos e os olhos ilhados de preto.

Longevidade:9 a 12 anos.

Agressividade:Grande

Área de Criação:Média

Temperamento:Eficiente na guarda, dócil, digno e arredio com estranhos.

Atividade Física:Moderada

Texto: fonte - Anuário Cães 2010 - Editora Minuano
483 Visualizações

 

Veja também:

Dog Foods
Conheça a linha de produtos Pet Food
maltes
Maltês

Comentários