Pastor da Anatólia

pastor-de-anatolia
Pastor da Anatólia

Raça que teve origem na Anatólia, região localizada no sudoeste da Ásia, na Turquia, este pastor ficou conhecido na década de 1970, devido a um estudo realizado sobre as raças nascidas no local.

Trata-se de um pastor de guarda de antiga linhagem, provavelmente descendente dos grande cães de caça existentes na Mesopotâmia. Originalmente, era utilizado para trabalho de guarda de rebanhos de cabras e ovelhas contra possíveis ataques de grandes animais como ursos e lobos.

Até hoje, ele carrega estas características e, embora sociável, costuma se mostrar agressivo com outros animais.

Veloz e inteligente, o Pastor da Anatólia é um cão grande e resistente a intempéries.

CARACTERÍSTICAS


País de origem:Anatólia

Tamanho:71 cm a 79 cm para fêmeas e 74 cm a 81 cm para machos.

Peso:40 a 55 quilos para fêmeas e 50 a 65 quilos para machos.

Aspectos Gerais:É um cão grande, altivo, alto, poderosamente construído. Possui cabeça ampla e forte e uma densa pelagem dupla. Deve ter tamanho e resistência. Capaz de grande velocidade. O focinho é ligeiramente mais curto do que o crânio. A cauda é longa, alcançando o jarrete e inserida bastante alta, quando em repouso, é portada baixa com uma ligeira curva, e quando em alerta, portada alta e curvada sobre o dorso, especialmente nos machos.

Pelagem:O pelo é curto ou parcialmente longo, denso com subpelo grosso. Grande variação em comprimento de acordo com o clima. Mais longo e grosso sobre o pescoço, ombros e coxas. A pelagem tende a ser mais longa no inverno. Todas as cores são aceitas.

Longevidade:10 a 12 anos

Agressividade:Média

Temperamento:É um pastor firme e corajoso, sem agressividade, naturalmente independente, muito inteligente e dócil. Orgulhoso e confiável. Leal e afeiçoado aos proprietários, mas desconfiado de estranhos quando em serviço.

Atividade Física:Moderada

Texto: fonte - Anuário Cães 2013 - Editora Minuano
827 Visualizações

 

Veja também:

Sarplaninac
Pastor Jugoslavo (Sarplaninac)
pastor-de-caucaso
Pastor do Cáucaso

Comentários