Pequinês

pequines
Pequinês

A raça é muito antiga, espacialistas afirmam que existe desde o século II. Como o nome sugere, a raça se originou na china, onde, no passado, era considerada sagrada.

Segundo relatos, os Pequineses são cópias de pequenos cães que eram levados pelas senhoras chinesas nos bolsos de seus casacos de pele.

Por sua origem exótica e distinta personalidade, tornou-se fascinante aos ocidentais , sendo hoje muito apreciado em todas as partes do mundo.

A introdução desse cão no Mundo Ocidental foi resultado do saque feito ao Palácio Imperial, em Pequim, pelas forças britânicas, em 1860.

A realeza chinesa preferia matar seus preciosos cães a vê-los nas mãos de caucasianos. Por isso, durante a aproximação das tropas inglesas, mataram quase todos os animais, antes de cometer suicídio.

Dos cinco sobreviventes encontrados pelos ingleses, todos de cores diferentes, um (castanho e branco) foi presenteado à Rainha Victória no retorno à Inglaterra.

A ida desses pequenos cães para solo ocidental não mudou em nada a sua personalidade e objetivo: ser uma companhia gentil e leal aos seus donos.

CARACTERÍSTICAS


País de origem:China

Utilização:Companhia.

Tamanho:Pequeno.

Peso:5 quilos para machos e 5,4 para fêmeas.

Aspectos Gerais:Porte pequeno, compacto e de aparência leonina. A ossatura pesada e o tronco vigoroso e bem constituído são essenciais para a raça.

Pelagem:Dupla. O pelo é longo, liso e um pouco rústico. A juba ocupa o espaço ao redor dos ombros e em torno do pescoço com o pelo no restante do corpo um pouco menor em comprimento. O subpelo é espesso. Todas as cores e marcações são permitidas, exceto o albino e fígado. Os particolores devem ter as marcações bem distribuídas.

Longevidade:10 a 12 anos.

Agressividade:Baixa

Área de Criação:Pequena

Temperamento:Ele é leal, destemido e reservado.

Atividade Física:Baixa

Texto: fonte - Anuário Cães 2010 - Editora Minuano
1142 Visualizações

 

Veja também:

pastor_de_shetland
Pastor de Shetland
kromfohrlander
Kromfohrländer

Comentários