Apesar de estarem entre os mais buscados, existem 3 problemas
comuns que atingem cães de focinho curto. Você conhece?

Animais de focinho curto costumam estar entre os mais buscados por quem quer um novo cãozinho ao seu lado. Seja pela aparência ou por qualquer outro motivo, o fato é que essas raças caíram no gosto popular.

E para quem está pensando em adotar ou comprar um cão, é bom pesquisar antes sobre os principais problemas de saúde que podem afetar essas raças (conhecidas como braquicefálicas) e estar bem informado. Vamos aos 3 principais problemas que costumam atingí-los?

PROBLEMAS OCULARES

Como o crânio dessas raças é anatomicamente menor que das outras, pelo posicionamento de seus ossos da face e do globo ocular, esses cães acabam ficando com os olhos mais proeminentes (saltados) e com isso, os traumas podem facilmente fazer com que os olhos saiam da órbita, necessitando de recolocação cirúrgica. Então, esteja sempre atento e evite traumas, acidentes e brincadeiras bruscas demais.

Além da situação citada, pela maior exposição do globo ocular, os olhos dessas raças também tendem a sofrer com mais frequência com a lubrificação e problemas oftálmicos em geral.

PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS

As raças braquicefálicas, além de terem um focinho mais curto, também podem apresentar estreitamentos ao longo de sua traqueia, o que aumenta o risco anestésico.

Outro ponto importante é que o palato desses animais, por não “caber” completamente na cavidade oral, acaba se estendendo um pouquinho mais e levando aos sons de “ronco” quando o ar passa por essa região e vibra. Por esse motivo, raças braquicefálicas costumam roncar (e muito) e terem problemas respiratórios com mais frequência. Fique atento!

ESTRESSE POR CALOR

O animal que possui vias respiratórias encurtadas, possui maior dificuldade de fazer trocas de calor com o ambiente e por isso, é um ofegante sem muita eficiência. Então, durante épocas de calor, eles costumam sofrer de forma mais intensa. Atenção especial nesse ponto, ok? Tente manter o pet sempre em locais bem ventilados, com acesso à sombra e água fresca.

Gostou de saber dessas informações?

Se você tem um amigo que possui um cão dessas raças de focinho achatado, compartilhe essa matéria para que ele fique atento aos cuidados que deve ter e continue nos acompanhando, pois sempre tem matéria nova por aqui. Se você quiser, também pode sugerir um tema em nosso campo de comentários abaixo.

 

Larissa Salles Teixeira
CRMV/PR 11718
Cornélio Procópio – PR

Lola e Spike - Bicho Amigo | Lupus Alimentos

 

Estes são Lola e Spike!
Quer ver seu amiguinho aqui também?
Envie a foto dele para o Bicho Amigo!

ACOMPANHE-NOS NO FACEBOOK E INSTAGRAM!

Veja também:

3 cuidados que você PRECISA ter com seu cachorro no verão | Lupus Alimentos
3 cuidados que você PRECISA ter com seu cachorro no verão
Existe gato hipoalergênico? - Mundo Pet | Lupus Alimentos
Existe gato hipoalergênico?
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest