Se o seu gato estava saudável, mas de repente, passou a ter comportamento diferente,leve-o rapidamente ao atendimento veterinário de emergência.

»QUAIS SÃO OS SINAIS?

O gato é um dos animais que mais sofre com os envenenamentos em nosso país, provavelmente pelo fato de ter livre acesso a diversos locais e, consequentemente, estar mais exposto às pessoas que não gostam da espécie. Infelizmente este é um problema ainda muito comum e por isso, se você tem um gatinho de estimação, saiba reconhecer os sinais de um envenenamento e entenda como agir nessas situações.

 

Os venenos têm composições diversas, e por isso, os sintomas que o animal irá apresentar dependerá muito da substância tóxica presente no veneno. Porém, de maneira geral, alguns sintomas podem levantar a suspeita de envenenamento e devem servir de alerta. Veja:

 

• Salivação excessiva (o animal fica babando muito);
• Vômito;
• Diarreia;
• Fraqueza;
• Mucosas muito pálidas;
• Batimentos cardíacos acelerados;
• Convulsão (“ataques”).

 

Se o seu gato estava saudável, mas de repente, passou a ter esses sinais e existe a possibilidade de ele ter acesso à rua e contato com algum veneno, não perca tempo e leve-o rapidamente ao atendimento veterinário de emergência.
As substâncias presentes em um veneno têm ação muito rápida no organismo e podem matar o animal em questão de minutos após sua absorção. Dependendo do tipo de veneno ingerido, do tempo que se passou até o primeiro atendimento e do estado de saúde do animal, o Médico Veterinário saberá qual a melhor conduta para cada caso.

IMPORTANTE: Não administre medicamentos por conta própria, a não ser que algum profissional o tenha indicado.

 

Apesar de ser um problema grave, o envenenamento pode ser tratado, caso o gato seja atendido rapidamente e receba as medicações a tempo. Mas como sempre falamos por aqui, o mais importante é prevenir os problemas, então fica aqui uma dica de ouro: para evitar maus tratos contra o seu bichano, evite que ele tenha acesso à rua e coloque telas nas janelas. Assim, ele estará longe de pessoas mal-intencionadas e que poderiam fazer mal à sua saúde.

Gostou dessa matéria? Então curta e compartilhe com seus amigos. E se você tem ou já teve um animal que apresentou esse problema, conte para nós a sua experiência nos comentários abaixo. E fique de olho, porque semana que vem tem mais.

 

Larissa Salles Teixeira
CRMV/PR 11718
Cornélio Procópio – PR

Thor - Bicho Amigo | Lupus Alimentos

 

Este é Thor!
Quer ver seu amiguinho aqui também?
Envie a foto dele para o Bicho Amigo!

ACOMPANHE-NOS NO FACEBOOK E INSTAGRAM!

Veja também:

Meu cachorro sofre de ansiedade da separação? - MundoPet | Lupus Alimentos
Meu cachorro sofre de ansiedade da separação?
lupus-pedra-no-rim2
Cachorro e gato podem ter pedra no rim?
QR Code Business Card