Muitos animais podem se beneficiar deste método de tratamento, entre eles, os cães, gatos, roedores e cavalos.

Atualmente, não é raro ver os tratamentos convencionais sendo associados aos chamados tratamentos alternativos. A acupuntura é uma terapia alternativa de origem chinesa e que foi criada há mais de 5.000 A.C. Desde então, esta terapia vem sendo cada vez mais estudada por especialistas e tendo suas técnicas aprimoradas, o que acaba por conquistar mais adeptos.

A acupuntura em animais também é muito antiga, pois há relatos de cerca de 3.000 anos atrás em que ela teria sido feita em elefantes como forma de terapia. Os animais se beneficiam de diversas maneiras, vez que esta técnica é indicada para inúmeras doenças e não apresenta efeitos colaterais e nem contraindicações.

A técnica de acupuntura consiste em uma forma de terapia reflexa, onde o estímulo de uma área (acupontos) reflete em outra e o objetivo é restabelecer o equilíbrio funcional do organismo. Existem várias maneiras de realizar a terapia, dentre elas, a mais conhecida é feita com a aplicação de agulhas.

As indicações são as mais variadas, abaixo destacamos apenas algumas delas:

  • Analgesia (alívio da dor);
  • Dificuldades motoras;
  • Problemas respiratórios;
  • Problemas musculares;
  • Doenças dermatológicas;
  • Problemas reprodutivos;
  • Doenças neurológicas.

O tratamento, muitas vezes associado à terapia convencional, deve ser feito por um especialista. Ele irá consultar seu animal e decidir qual a melhor forma de tratamento e quantas sessões serão necessárias.

Uma terapia com inúmeros benefícios e que não causa dor, quando feita por um bom especialista melhora a qualidade de vida de seu animal, seja ele jovem ou idoso.

Larissa Salles Teixeira

CRMV/PR 11718

Cornélio Procópio – PR

846 Visualizações

Veja também:

otite
Dor de ouvido, orelhas avermelhadas e coceira… Pode ser Otite!
ronronado_bichanos
O ronronado dos bichanos
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest