Uma coceira incontrolável e altamente desagradável.

Assim é a Atopia ou Dermatite Atópica, que nada mais é que uma doença crônica de pele que torna seus portadores, alérgicos a diversos antígenos (poeira, fungos, ácaros, pólen, saliva de pulgas, dentre outros) sazonais ou não. Uma patologia genética, caracterizada por alto nível de anticorpos circulantes, os animais atópicos apresentam uma deficiência na barreira lipídica que protege a pele. Nestes casos, ocorre maior perda de água, acarretando em uma pele mais seca, com descamação e coceira. Além disso, os alérgenos presentes no ambiente conseguem atingir mais facilmente a pele, gerando inflamações, infecções e muita coceira.

O animal tende a se coçar o tempo todo e isso o impede, muitas vezes, até de se alimentar, brincar ou descansar adequadamente. Outra consequência é a automutilação, os pets afetados costumam se morder, arranhar e acabam se machucando por não suportarem tamanho incômodo.

A Atopia pode afetar qualquer raça, mas as mais atingidas são aquelas de pequeno porte, como o Lhasa Apso, o Shih Tzu, o Poodle, o Yorkshire Terrier, dentre outras. Para os Médicos Veterinários, constitui-se numa enfermidade de diagnóstico demorado, pois é um diagnóstico de exclusão, ou seja, é preciso excluir diversas outras possíveis causas e diagnósticos diferenciais para só então podermos afirmar se tratar de Atopia. Os proprietários de animais atópicos precisam saber que se trata de uma patologia que irá apresentar diversas fases durante seu curso e exigirá bastante paciência e comprometimento para com o tratamento, que inclui a limpeza de possíveis feridas, eliminação de infecções, hidratação da pele e medicamentos para alívio temporário do prurido.

Infelizmente, é uma patologia crônica, ou seja, não há cura, apenas controle. De qualquer forma, novos estudos são realizados a todo instante a fim de se compreender melhor esta doença. Porém há formas de se identificar o fator desencadeante da alergia, facilitando assim o controle e prevenção. Com um pouco de cuidado, compreensão e paciência é possível oferecer qualidade de vida para animais portadores da Dermatite Atópica. Se o seu animal apresenta algum tipo de lesão na pele, com coceira ou não, consulte o Médico Veterinário para maiores informações, pois não há nada mais incômodo que ver o seu pet também incomodado.

Larissa Salles Teixeira

CRMV/PR 11718

Cornélio Procópio – PR

1026 Visualizações

Veja também:

cachorro_viagem
Passaporte para cães e gatos?
braquicefalicos
Síndrome das Vias Aéreas dos Braquicefálicos
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest