Os animais podem apresentar um ou os dois olhos afetados, podendo evoluir para cegueira parcial ou completa.

O melhor amigo do homem, além de compartilhar bons momentos, compartilha conosco inúmeras doenças comuns a ambas as espécies. Como é o caso da catarata, um mal que atinge os olhos causando opacidade no cristalino, levando a uma visão embaçada, como se houvesse uma “nuvem” em seu campo de visão. É uma doença que pode estar ligada a fatores genéticos ou a problemas metabólicos, como a uma consequência da Diabetes, por exemplo.
A catarata pode atingir diversas raças, mas é muito frequente em Poodles, Akita, Cocker Spaniel, dentre outras. Apesar de também poder acometer os gatos, esta patologia oftálmica é muito mais incomum nesta espécie.

O diagnóstico da doença deve ser realizado por um Médico Veterinário e o quanto antes for identificado, melhores as chances de tratamento. Os exames que podem ser realizados na Oftalmologia Veterinária são muito parecidos com os realizados em humanos. O tratamento é cirúrgico, porém, a cada dia vêm surgido novas formas e técnicas menos traumáticas que as utilizadas anteriormente, a fim de propiciar uma visão mais límpida ao pet. É uma patologia em que a prevenção baseia-se apenas em rotinas de consultas periódicas para detectar qualquer alteração logo no início, evitando outras complicações.

E como anda a visão do seu cão ou gato?
Faça um check up regularmente e se perceber qualquer alteração, manchas esbranquiçadas ou outras anormalidades, consulte um especialista.

 

Larissa Salles Teixeira

CRMV/PR 11718

Cornélio Procópio – PR

376 Visualizações

Veja também:

dermatofitose
Nem toda doença de pele é sarna. Conheça a Dermatofitose
cao
Displasia coxofemoral
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest