E vem chegando mais uma vez, uma das épocas mais gostosas do ano: a Páscoa. E claro, muita gente corre para os supermercados comprar chocolates e ovos de páscoa. E só de ver a carinha que seu cão ou gato faz quando você começa a desembrulhar a embalagem, vem aquela vontade de compartilhar esta deliciosa sensação com ele. Afinal, chocolate é gostoso, não é? Mas será que aquela história de que chocolate faz mal para o cachorro é verdade? Será que não posso dar nem um pedacinho para ele experimentar?

Para a tristeza dos cãezinhos (e gatos) deste Brasil, a resposta é NÃO PODE DAR CHOCOLATE para eles! Nem um pedacinho! Há quem conteste e diga que já deu chocolate para o cão ou gato e nunca fez mal. Isso é muito arriscado. Existe uma quantidade mínima para que o animal passe mal, mas como isso varia muito, não é bom tentar a sorte.

A questão aqui é que existe um elemento tóxico no chocolate chamado teobromina. Ela está presente em maior quantidade nos chocolates mais puros, mais escuros e mais concentrados, por exemplo, o chocolate amargo é o que oferece mais risco. Já o chocolate branco tem menos teor de teobromina. A dose tóxica para cães é de 100 a 150 mg por quilo de peso do animal. A dose letal é de 250 a 500 mg por quilo de peso do animal. Ou seja, se um cãozinho de 2,2 kg de peso ingerir uma dose de 113 gramas de chocolate ao leite, essa quantidade já é tóxica. Já se esse mesmo animal comer 13 gramas de chocolate amargo essa também será uma dose tóxica, porque dependendo do tipo de chocolate ele pode ser mais ou menos concentrado.

A teobromina em concentrações muito grandes no sangue do animal leva a sinais como inquietação, agitação, incoordenação, salivação, vômito, tremores, convulsão, taquicardia, apatia, coma e até morte. E como não dá para o dono do animal saber qual a quantidade que pode ou não, qual a quantidade que vai ser tóxica para o seu pet, melhor não arriscar. Por isso, nós, Médicos Veterinários indicamos que não seja oferecida quantidade nenhuma a eles. Pois se ultrapassar o limite, o animal pode simplesmente, morrer, em casos mais graves.

Então por via das dúvidas, é melhor não oferecer nada de chocolate humano para eles. Mas não precisa ficar triste. Há no mercado algumas opções de chocolate próprio para cães e gatos. Isso mesmo! Olha que notícia boa. Em pet shop’s é possível encontrar um chocolate (um pouquinho diferente) que não contém esse componente tóxico.

Se você não sabia desta informação e seu cãozinho acaba de “assaltar” um chocolate ou caixa de bombons sua, é melhor ficar de olho. Leve o animal ao veterinário se ele apresentar qualquer dos sintomas ditos acima ou se ele apresentar um comportamento diferente. E agora que já sabe, mantenha longe do alcance dos cães … ah, e dos gatos também. Doces, definitivamente, não são a melhor opção para a alimentação dos animais. Então, chocolate NÃO!

556 Visualizações

Veja também:

os-cães-podem-perceber-o-medo-humano-site
Cães percebem o medo humano?
Meu-cachorro-gato-está-com-diarreia_site
Meu pet está com diarréia
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest