Os tempos mudaram, o poder aquisitivo do brasileiro vem aumentando e os cuidados com o pet também.

Hoje o cão vai ao dentista, vai ao banho e tosa toda semana, faz as unhas e tem até SPA e creche para animais. Mas será que existe cirurgia plástica para cães? E a reposta é sim. Na verdade, mais ou menos.

O que se busca com este tipo de cirurgia em cães e gatos não é a beleza ou a estética, mas sim o bem-estar e saúde dos animais. Lembrando que: cirurgias meramente estéticas como corte da cauda ou das orelhas são proibidas no Brasil. Mas então, de que tipo de cirurgia estamos falando?

Algumas raças como o Shar pei, o Basset, o Buldogue e o Pug podem apresentar pele em excesso, principalmente, nas pálpebras. Nestes casos, o pelo ao redor do olho acaba irritando e lesionando a córnea ou a conjuntiva. O animal pode não enxergar direito e apresentar conjuntivite ou pior, úlcera de córnea. Nestes casos, uma pequena intervenção cirúrgica é necessária. Retira-se este excesso de pele e o resultado fica bastante harmonioso, prevenindo uma série de consequências ao animal.

Para imaginar melhor, pense no incômodo que um cílio traz ao entrar no olho. Agora imagine vários pelos irritando o olho do cão ou do gato. A sensação é de extremo desconforto e irritação, além de poder causar prejuízos sérios à visão do pet. Uma úlcera de córnea pode evoluir por completo e levar o animal a total cegueira. Pode ser necessário ainda, em casos extremos, a retirada do globo ocular (enucleação).

Mas é claro que quem vai dizer se o animal precisa ou não de uma cirurgia como essa é sempre o Médico Veterinário. Apesar de ser mais comum em algumas raças, não é regra que todos animais pertencentes a esta mesma raça venham a apresentar este tipo de problema. Assim como cães que normalmente não apresentam este tipo de problema podem vir a ter.

A cirurgia de entrópio ou ectrópio (blefaroplastia) são relativamente simples e o resultado fica sempre mais bonito, porém, esta não é uma cirurgia que visa a vaidade e sim a saúde do próprio cão e a saúde visual.

Já diziam por aí que os olhos são espelho da alma e em muitas situações, podem revelar detalhes importantes da saúde do cão ou do gato. Se o seu animal apresenta irritações, lacrimejamento, olhos avermelhadas, coceira, secreção, incômodo, pálpebras fechadas, pontos brancos ou qualquer mudança que não seja comum, consulte um Oftamologista Veterinário, ele é o profissional mais indicado para cuidar do seu pet nestas situações.

 

Larissa Salles Teixeira

CRMV/PR 11718

Cornélio Procópio – PR

Veja também:

qual-a-idade-do-seu-cao
Qual a idade do seu cão?
Será-que-meu-pet-está-cego-ou-surdo
Será que meu pet está cego ou surdo?
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest