Esses parasitas podem afetar a saúde do seu cachorro, mas vivem escondidos sob sintomas tão inespecíficos e que nem sempre são levados à sério. O que fazer? Como identificá-los?

 

O primeiro passo é conhecer os sinais clínicos que eles podem causar e ligar o sinal de alerta sempre que houver a presença de um ou mais desses citados abaixo. Vamos conhecer os 10 principais sintomas de verminoses:

 
 

Pelagem opaca e sem brilho

Um cão saudável que recebe boa alimentação tende a ter o pelo brilhante, com vida e macio. Já um animal que está com verminose, possivelmente terá seus pelos afetados, tornando-os sem vida, sem brilho e ásperos ao toque. Fique de olho!

 

Fezes com consistência ou coloração diferente

As fezes de um animal com vermes podem apresentar-se com muco, podem estar mais amolecidas e se houver sangue podem estar mais escuras do que o normal.

 

Diarreia

Um cão com verme pode apresentar diarreia frequente, com ou sem sangue. É bom ficar atento.

 

Vômito

O vômito também é um sinal de que algo não vai bem no trato gastrointestinal e pode inclusive alertar de que há alguns intrusos por ali. Fique atento!

 

Perda de peso e apetite

Se o seu animal anda vomitando, com diarreia, vem perdendo o apetite e consequentemente emagrecendo, ligue o alerta para as verminoses.

 

Barriga inchada

Esse é um sinal típico, aquele cãozinho magrinho e “barrigudo” que num primeiro momento pode até parecer “fofo”, mas na verdade seu abdômen pode estar mesmo repleto de vermes. Filhote com barriguinha inchada é alerta vermelho, ok?

 

Coceira no bumbum

Alguns vermes como o Dipylidium caninum (transmitido pela pulga), por exemplo, causam coceira na região anal do animal. Esses são os famosos “pontinhos brancos” nas fezes, que se assemelham muito a grãos de arroz. E o sinal aqui também é clássico, afinal, quem nunca viu um cãozinho sentado, arrastando o bumbum pelo chão?

 

Vermes nas fezes

Alguns vermes podem ser visualizados a olho nu nas fezes do animal. Então, se estiver desconfiado, na hora de recolher os dejetos do cão é importante ficar de olho. É possível notar vermes em formato de “macarrão” ou em tamanho/forma de “grãos de arroz”.

 

Fraqueza

Um animal com endoparasitose, perda de apetite e diarreia, fatalmente ficará fraco e desnutrido, isso já é o esperado. Esse sinal é apenas uma consequência de todas as ações dos vermes no organismo do animal.

 

Dor abdominal

Um cãozinho gravemente acometido por vermes pode sentir desde um leve incômodo a grandes dores abdominais, principalmente quando for palpado.

 
 

Seu cãozinho tem algum desses sinais? É bom ficar de olho e leva-lo no veterinário para confirmar e excluir outras doenças que também podem levar a esses sintomas. E vale lembrar: nem todo vermífugo serve para todo tipo de verme. Existe uma grande variedade de parasitas que podem afetar nossos pets, há os vermes redondos, vermes chatos e que podem ser transmitidos de diversas formas. Ou seja, para cada verme, um vermífugo específico, e isso quem vai determinar é o profissional.
 
 

Se você desconfia de verminose, consulte o veterinário que irá indicar o melhor medicamento para o seu animal. Pois de nada adiantaria dar um medicamento com um princípio ativo que não funciona para aquele verme, pois parece um cuidado simples, mas não é.
 
 

A desverminação deve ser feita com frequência e determinada pelo Veterinário (de acordo com os hábitos do animal), mas normalmente é realizada a cada 4 ou 6 meses e em duas ou três doses para atingir todos os estágios do verme.

 

Se gostou dessa matéria, compartilhe com seus amigos!

 

Larissa Salles Teixeira
CRMV/PR 11718
Cornélio Procópio – PR

Tina - Bicho Amigo

 

Esta aqui é Tina
Quer ver seu amiguinho aqui também?
Envie a foto dele para o Bicho Amigo!

157347 Visualizações
( 5 )

Veja também:

como-os-gatos-conseguem-voltar-para-casa-depois-de-desaparecerlupusalimentos
Como os gatos conseguem voltar para casa depois de desaparecer?
Cachorro-tem-íngua(LupusAlimentos)
Cachorro tem Íngua?
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest