Você conhece ou já ouviu falar dessa sigla?

 

 

PIF quer dizer Peritonite Infecciosa Felina, uma doença grave que acomete os gatinhos e é causada por um vírus contagioso que pode até mata-lo.

A doença é caracterizada por uma peritonite, que nada mais que a inflamação de uma membrana existente que envolve o abdômen do animal internamente, chamada de peritônio.

A enfermidade pode surgir de duas formas distintas, de acordo com a maneira como o organismo do animal reage, sendo que um mesmo gatinho pode até apresentar as duas formas, que são elas: a PIF efusiva e a PIF não efusiva.

Elas recebem esse nome, porque a PIF efusiva é uma forma de manifestação, a qual chamamos de “úmida”, pois devido ao processo inflamatório que ocorre nos vasos, existe um acúmulo de líquido na região do abdômen ou tórax do felino.

Já a PIF não efusiva (seca) é caracterizada por uma formação de granulomas e necrose em vários órgãos abdominais, torácicos e sistema nervoso central (SNC) e olhos, causando outros problemas e manifestações.

 

 

»TRANSMISSÃO

A transmissão ocorre através da ingestão do coronavírus presente nas fezes contaminadas de gatos. Também pode ocorrer uma transmissão da fêmea para seus filhotes através da amamentação ou gestação.

 

 

»SINTOMAS

Os sinais são bastante inespecíficos e podem levar dias até aparecerem, sendo que alguns animais passam meses sem manifestação. Mas quando surgem, normalmente são inespecíficos como: febre, anorexia, perda de peso, diarreia e desidratação. Nada muito característico, não é mesmo?

O grande problema da PIF ocorre quando o Sistema Nervoso Central (SNC) é acometido, fazendo com o que bichano apresente dificuldades de se movimentar, tremores, incontinência urinária ou fecal, convulsões e mudança de comportamento.

 

 

»DIAGNÓSTICO DE PIF

O diagnóstico somente poderá ser realizado pelo Médico Veterinário, com base no histórico, sinais clínicos e exames de laboratório que auxiliam muito. Porém, é com a biopsia ou com a necropsia que fechamos o diagnóstico definitivo.

Vale lembrar que nem sempre um teste positivo para Coronavírus é significado de PIF, pois nem todos os animais que possuem o vírus terão a doença.

 

 

»TRATAMENTO

Infelizmente a doença não tem cura e o tratamento é somente de suporte para oferecer uma melhor qualidade de vida ao gatinho.

 

 

»PREVENÇÃO DE PIF

A prevenção da doença é um grande desafio, principalmente quando falamos de uma casa com mais animais, onde um deles é diagnosticado com PIF. Nesses casos, não se recomenda a adoção de novos animais. E se você teve um animalzinho com PIF na casa, recomenda-se aguardar uns 2-3 meses para trazer outro felino para casa.

Manter a caixinha de areia limpa diariamente é uma importante forma de prevenção também, já que a principal forma de transmissão é através de fezes contaminadas.

 

 

Gostou dessa matéria? Então curta e compartilhe com seus amigos.
Se você tem alguma sugestão de tema, deixe nos comentários.

 

 

Larissa Salles Teixeira
CRMV/PR 11718
Cornélio Procópio – PR

Rutynha e Aryela - Bicho Amigo

Estas são Aryela e Rutinha!
Quer ver seu amiguinho aqui também?
Envie a foto dele para o Bicho Amigo!

ACOMPANHE-NOS NO FACEBOOK E INSTAGRAM!

Veja também:

Como melhorar a queda de pelos? | Lupus Alimentos
Como melhorar a queda de Pelos
Meu cachorro está com febre, o que eu faço? | Lupus Alimentos
Meu cachorro está com febre: o que fazer?
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest