Acostumar um gato a viver em apartamento pode ser mais fácil do que realmente parece. Os gatos não precisam viver soltos por aí na rua. É claro que antigamente pensava-se que eram mais felizes assim. Mas imagine quantos gatinhos são atropelados e maltratados ou envenenados atualmente nas ruas?

Gatos se adaptam bem em lugares menores, melhor até que os cães. Eles não precisam de muito para serem felizes. Basta uma caixa de papelão e uma bolinha de papel e sua alegria já está feita.

Na verdade, quando falamos em criar o gato dentro de um apartamento, a primeira coisa a se pensar é nas telinhas das janelas. Todas as janelas, sem exceção, devem ser teladas. Isso evita a conhecida “Síndrome do gato paraquedista”, que já falamos aqui: http://bit.ly/GatoParaquedista

E para agradar um bichano, vamos às brincadeiras e enriquecimento ambiental:

  • Acima de tudo e de todos: Como os felinos adoram ficar no alto, instale prateleiras, arranhadores e plataformas pela casa. Ele vai adorar e sairá mais de lá, só observando…
  • Bolinhas de papel: aproveite rascunhos e faça bolinhas de papel de vários tamanhos e materiais. Jogue pela casa e verá seu gato se transformar num verdadeiro “jogador de futebol”.
  • Ratinhos com “erva-do-gato” ou catnip: essa erva estimula o instinto caçador dos bichanos e os “chama” para a brincadeira. Apesar de só os ratinhos de sisal já serem uma diversão e tanto.
  • Caixas e mais caixas de papelão: se uma caixa já é legal, imagine montar um “edifício” ou labirinto, cheio de caixas de papelão? Seu gatinho vai enlouquecer.
  • Arranhadores: estes são indispensáveis se você quiser manter a integridade e vida útil do seu sofá.
  • Esconde-esconde: gato também sabe procurar seu dono pela casa. Ensine-o a brincar e boa diversão!
  • Tapetes: experimente deixar apenas uma pontinha do tapete levantada e vai ver que seu gato vai logo entrar debaixo, ficar por ali na espreita, apenas esperando alguém passar para ele mostrar suas garras.
  • Fitinhas e barbantes: É só segurar e balançar na frente do bichano para ele ficar doidinho. Mas CUIDADO: nunca deixe a fita com ele sozinho. Segure-a enquanto brincam, porque ele corre um grave risco se engolir estas fitas.
  • Caixa de papelão + bolinhas: pegue uma caixa de papelão e faça vários furos e buracos que caibam a patinha do gato. Esconda várias bolinhas dentro para que ele tente retirá-las.

Quantas brincadeiras não é mesmo? Agora corre lá e prepara o parque de diversão do seu bichano. Ele merece ser feliz, independente do lugar onde mora!

 

Larissa Salles Teixeira

CRMV/PR 11718

Cornélio Procópio – PR

659 Visualizações

Veja também:

Como-criar-um-cachorro-em-apartamento_site
Como criar um cachorro em apartamento?
Meu-cachorro-é-medroso-–-o-que-fazer_site
Meu cachorro é medroso – o que fazer?
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest