O tártaro – você já sabe – é aquela placa horrível que se acumula com restos de alimentos e forma uma camada escura e marrom sobre os dentes. Mas hoje não vamos falar do tártaro em si, mas sim em como combate-lo. Se quiser saber mais sobre ele e outras doenças periodontais, acesse as matérias: Como anda o sorriso do seu melhor amigo?  e  Você já escovou os dentinhos do seu pet hoje?

O fato é que ninguém quer ter um cãozinho com sorriso amarelo, não é mesmo? E aquela história de “vou esperar piorar um pouquinho mais para limpar tudo de uma só veznão é, nem de longe, uma boa decisão.

As bactérias que “moram” na boca e se acumulam sobre os dentes podem migrar e cair na corrente sanguínea. Aí decidem habitar, por exemplo, o coração – ocasionando o que chamamos de endocardite bacteriana, uma grave infecção cardíaca. Então, é importante se perguntar sempre:

 
 

• Como evitar os problemas do tártaro?

• Como limpar o tártaro dos cães?

• Como deixar os dentes branquinhos?

 

Em primeiro lugar, temos que analisar qual o grau de acometimento. Em alguns casos mais simples, há produtos no mercado que prometem ajudar na remoção e prevenir o acúmulo, o que pode ser bastante benéfico para casos não complicados. Junto com a escovação diária dos dentes e ossinhos para o cão roer, esta pode ser uma boa alternativa para ser feita em casa.

Mas para aqueles pets que já estão com os dentinhos bastante comprometidos e com muito acúmulo de tártaro, o tratamento, obrigatoriamente, envolve o médico veterinário. Mas fique tranquilo: não é nada muito complicado. É o procedimento chamado de tartarectomia. Este método é feito com o pet anestesiado, para ficar com a boquinha bem aberta permitindo o tratamento até nos dentes mais escondidos lá do fundo.

O veterinário fará uma remoção de todo este tártaro acumulado em cima dos dentes e por baixo das gengivas e te devolve um cão com dentes branquinhos. Aí é só manter em casa com os cuidados que o profissional lhe indicar (siga à risca para evitar que a placa volte a se acumular). Os cuidados normalmente incluem a escovação dos dentes diariamente, com escovas e produtos próprios para cães ou ainda com uma simples gaze enrolada no dedo, massageando por cerca de 1 minuto todos os dentes, diariamente. Assim evitamos o acúmulo de placas com bactérias e consequentemente, o tártaro.

Gostou?

Quer ficar por dentro de mais novidades e cuidados com os animais?

Fique de olho em nossas próximas matérias.

 

Larissa Salles Teixeira

CRMV/PR 11718

Cornélio Procópio – PR

866 Visualizações

Veja também:

tumblr_lv3l83fq4s1qetui8o1_500
Conheça as 10 raças de cães menos inteligentes
É-normal-cachorro-soluçar_site
É normal cachorro soluçar?
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest