Há algumas semanas atrás, recebemos e-mail de um leitor assíduo do Mundo Pet. Ele nos acompanha por aqui e adora ler as matérias sobre cães e gatos. E o motivo? Este rapaz também é um amante dos animais, assim como todos nós e tudo nos leva a crer, que talvez ele seja no futuro, meu colega de profissão.

A mensagem enviada por Bruno C. O. de Vitória da Conquista – BA, dizia o seguinte:

[…] Estou no terceiro ano e pretendo cursar Medicina Veterinária, o que você tem a me dizer a respeito? […]”.

Como imagino que aqui tenham leitores de várias idades e talvez alguns deles também sonhem em se tornar Médicos Veterinários, resolvi estender a resposta e transformar isso em um conselho a todos vocês, que podem ter o mesmo sonho dele, que um dia foi também o meu.

Em resposta ao e-mail, eu lhe disse o seguinte:

“Sobre o curso de Medicina Veterinária, você vai se apaixonar. É um curso bastante amplo, com várias possibilidades, você tem experiências incríveis durante a graduação, lidando com várias áreas até escolher a que mais gosta. Desde pequenos animais (cães e gatos), passando pelos animais de criação, animais selvagens, clínica, cirurgia, reprodução, inspeção de produtos de origem animal (ovos, leite, queijos, mel, carne) … é realmente uma novidade atrás da outra.

Eu sou suspeita para falar, mas sou apaixonada pela minha profissão. O importante é você se dedicar muito durante os 5 anos, aprender enquanto está na faculdade e depois também. Ah, e tem que gostar de lidar com os animais. Eles não sabem falar, mas é maravilhoso trabalhar com eles.

Uma dica importante para quando você começar o curso (seja ele qual for): participe de palestras, congressos, grupos de estudos e faça estágios, sempre que puder e desde o primeiro ano. Isso fará toda diferença no final, porque você terá conhecimentos sobre diversas áreas e em algum momento, eles serão úteis.

Última dica: se é isso que você realmente quer, corra atrás.

“Faça o melhor que puder. Seja o melhor que puder. O resultado virá na mesma proporção de seu esforço.”
Mahatma Gandhi “

Esta foi minha resposta a ele, e o meu conselho a todos vocês é: se você tem vontade de tornar-se um profissional da área, é importante escolher uma boa faculdade e fazer dos anos da graduação, momentos de aprendizado que se estendam por toda vida.

Segundo dados do Guia do Estudante em parceria com a Folha de São Paulo, foi divulgado um ranking das melhores faculdades de Medicina Veterinária do Brasil. Fique de olho:

  1. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
  2. Universidade Estadual Paulista de Mesquita Filho (UNESP);
  3. Universidade de São Paulo (USP);
  4. Universidade Federal de Viçosa (UFV).

Para um veterinário existem mais de 80 possíveis áreas de atuação, que vão desde as tradicionais clínicas médica e cirúrgica de animais de companhia (cães, gatos, silvestres) ou de grande porte (equinos, bovinos e outros) até a atuação em inspeção de frigoríficos, indústrias de alimentos de origem animal, vigilância sanitária e também na área industrial ou comercial (indústria de medicamentos, vacinas, ração e mais).

Até mesmo na Lupus Alimentos, você sabia que temos profissionais veterinários atuando aqui? Isso mesmo, se você se decidir por esta profissão saiba que haverá muito esforço e dedicação, mas também muitas alegrias e recompensas, pois os animais não sabem falar, mas agradecem de uma forma tão ou mais especial do que aquela que você pode imaginar.

Gostaram de conhecer um pouquinho mais sobre a profissão do Médico Veterinário?
Tem alguma sugestão de tema? Conte-nos no campo de comentários abaixo.

 

Larissa Salles Teixeira
CRMV/PR 11718
Cornélio Procópio – PR

 

 

1210 Visualizações
( 1 )

Veja também:

Para-que-servem-os-bigodes_site
Para que servem os bigodes?
Mau-hálito-em-cães---é-normal_site_796x496
Meu cachorro tem mau hálito. É normal?
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest