Orelhas caídas, compridas e com muito pelo… Os animais que possuem estas características são os mais predispostos a desenvolverem otite.

A otite é uma inflamação do conduto auditivo e ela pode acometer a parte interna, média ou externa do ouvido.

É uma doença que atinge muitos cães, mas também pode acometer os gatos, porém estes com muito menos frequência. Isso se deve a anatomia do conduto auditivo, que em cães, o comprimento é muito mais longo comparado ao de humanos, por exemplo.

A otite pode ter diversas causas, podendo ser ocasionada por fungos, bactérias, ácaros, corpo estranho, alergias e mesmo a própria anatomia do ouvido. E se não tratada corretamente, pode se tornar uma doença crônica, levando a problemas de surdez e de equilíbrio. Por isso é tão importante que os proprietários se atentem para os sintomas, que, na maioria das vezes, são percebidos quando o cão começa a fazer de tudo para coçar o ouvido e costuma fazer um som como se estivesse chorando, além disso, ele pode apresentar um mau cheiro, secreção de coloração escura, dor na região e a cabeça pendente para um dos lados.

A limpeza dos ouvidos pode e deve ser feita, porém quando realizada de maneira incorreta pode acabar “empurrando” mais cera para dentro do que realmente limpando, portanto, deve ser feita apenas pelo Veterinário, de forma regular. Outro cuidado importante é que quando os proprietários derem banho em seus animais de estimação, coloquem tufos de algodão nos ouvidos, para que estes não fiquem molhados e abafados, gerando um ambiente úmido e favorável ao aparecimento da otite. E uma dica interessante é que quando forem andar com seus pet’s de carro, não permitam que eles coloquem a cabeça para fora da janela, pois o vento pode favorecer a entrada de sujeira no ouvido e predispor a inflamação.

O diagnóstico e o tratamento devem ser feitos pelo Veterinário, pois como foi dito anteriormente há diversas causas e para cada uma delas, um tratamento específico, em que podem ser usados medicamentos tópicos de limpeza, anti-inflamatórios, antifúngicos e antibióticos. Lembre-se: Nunca medique o seu animal sem orientação, pode ser perigoso para ele e dificultar ainda mais o tratamento correto.

A otite é um problema que incomoda MUITO os animais e pode levar a outras doenças mais sérias. Sendo assim, vale a pena ficar atento a qualquer coceirinha que perceber, deve-se investigar para possibilitar a terapia correta. De qualquer forma, é sempre melhor prevenir e tomar todos os cuidados necessários.

Larissa Salles Teixeira

CRMV/PR 11718

Cornélio Procópio – PR

Veja também:

doenca_carrapato
A “Doença do Carrapato”, um pequeno vetor que pode causar grandes problemas.
acupuntura
Acupuntura na Medicina Veterinária: quais os benefícios?
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest