Não espere seu pet adoecer para buscar ajuda!

O ano começou e é hora de escrever suas metas 2015, certo? Normalmente as pessoas querem emagrecer, outras querem viajar, estudar e conquistar coisas materiais. Mas já que estamos falando de meta, que tal colocar seu pet na linha e criar uma meta para ele também? Muitos cãezinhos por aí, eu sei que estão acima do peso. Ah, os gatos também. Mas a obesidade, embora em animais pareça “bonitinho”, é a causa de várias desordens e tem muitas consequências para a saúde do pet, sabia?
Se quer saber se seu cãozinho está ou não acima do peso, consulte o seu Veterinário. Mas de antemão já lhe adianto: se você não vê ou sente as costelas do seu pet através da palpação, cuidado. Ele deve ter muita camada de gordura escondendo seus ossinhos e é um possível candidato a ser obeso e ter problemas de saúde. O contrário também é ruim, não queremos nenhum pet passando fome e com desnutrição, ok?

Problemas de articulação, coluna, coração, sem contar a pelagem, que é reflexo de um animal saudável…ou não. A obesidade em cães e gatos, pode ser primária, ou seja, o animal come demais, tem tendência a engordar e fica com sobrepeso. Ou a causa secundária, que é consequência de alguma outra doença, o sobrepeso.
Antes de iniciar a meta 2015 do seu cãozinho, leve-o para o Veterinário realizar um check up geral e ver se a saúde está ok. Ele lhe dirá ainda quantos quilos o pet precisa perder para ficar no peso ideal e os exercícios mais adequados ao porte e estado geral.

Aproveite que o verão está chegando para se exercitar com seu cão. Só fique atento às características de cada raça para adaptar o melhor exercício para ele. Mas no geral, caminhadas podem ser uma boa pedida. Corridas só se estiver tudo bem com seu cãozinho. Caso ele seja uma raça braquicefálica (com focinho achatado), como os pugs e buldogues, há que se ter mais cuidado com a respiração. Lembre-se de não fazer exercícios entre os horários de mais calor: evite entre 10h e 16h.

Já com relação aos gatos, sabemos que é mais difícil (apesar de possível) leva-los para passear na coleirinha, não é? Mas você pode exercitá-lo em casa mesmo. Experimente instalar algumas prateleiras de madeira nas paredes, com alturas diferentes. Isso é enriquecimento ambiental e com certeza ele vai adorar ficar pulando por aí, observando tudo do alto (faz parte de seu instinto), além de ser um ótimo exercício.
Não espere seu pet adoecer para buscar ajuda, procure o quanto antes o Veterinário e inicie agora mesmo as metas de emagrecimento para o ano de 2015.

 

 

Larissa Salles Teixeira

CRMV/PR 11718

Cornélio Procópio – PR

209 Visualizações

Veja também:

MedoRojoes
Ai Ai Ai, medo de rojões
pet-envenenado
Meu Pet foi envenenado. E agora?
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest