Provavelmente você já ouviu muitas pessoas dizerem que estão com um problema ou doença da tireoide. Mas talvez seja a primeira vez que irá ler sobre estes problemas em cães. Isso mesmo, doenças como hipertireoidismo ou hipotireoidismo são comuns também aos nossos cães.

Hoje vamos falar um pouco mais sobre o hipotireoidismo, uma das doenças endócrinas mais comuns nos cães. Esta doença acontece com maior frequência em cães de meia-idade, normalmente por volta dos 7 anos e naqueles animais de raça pura.

A tireoide é uma das principais glândulas de função metabólica no organismo e uma deficiência na sua produção de hormônios leva ao quadro descrito abaixo, tanto em humanos, como em animais.

 

SINTOMAS

  • Animal pode apresentar-se mais lerdo;
  • Apatia;
  • Fraqueza;
  • Alopecia (falta de pelo) de forma simétrica nos dois lados do corpo. Por exemplo, animal com queda de pelo nos dois lados de sua lombar.
  • Pelo quebradiço;
  • Animal sem vontade de brincar ou fazer exercícios;
  • Aumento de peso sem ter aumentado a ingestão de alimentos.

 

DIAGNÓSTICO

O diagnóstico é feito pelo Médico Veterinário após realização de exame físico e testes laboratoriais para descartar outras doenças e, principalmente, a dosagem dos hormônios da tireoide (T3, T4 e TSH).

 

TRATAMENTO

Normalmente é feito com a reposição dos hormônios e adequação da dieta dos cães que estão acima do peso.
Os cães que forem corretamente tratados e identificados podem ter uma expectativa de vida normal. Por isso é tão importante que o animal receba o diagnóstico precocemente. Assim, os problemas serão corrigidos rapidamente.

Se tiver qualquer dúvida, consulte o Médico Veterinário de sua confiança.

 

Larissa Salles Teixeira
CRMV/PR 11718
Cornélio Procópio – PR

 

Já falamos sobre o Hipertireoidismo em gatos aqui: Hipertireoidismo em Gatos

14205 Visualizações
( 8 )

Veja também:

13
Diversão para você e seu cão!
14
Um Amor de Cão
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest