Que os bichanos são seres muito carinhosos e fofos isso todo mundo sabe, mas o que nem todo mundo entende é que os tutores de felinos, vez ou outra, são obrigados a se deparar com uma verdadeira cena de horror: o gato mata o rato e o traz para casa ou ainda pior, mata e come.

Sabemos que eles foram criados como animais de estimação e se adaptaram muito bem, entretanto, alguns instintos ainda são preservados, como o da caça, por exemplo.

E se você se preocupa com a saúde do felino, é bom saber os riscos que seu gatinho corre ao matar e comer um rato. Além da possibilidade de se contaminar com doenças infecciosas como a Toxoplasmose e a Leptospirose (que são também transmitidas ao homem), esse rato pode estar envenenado e aí o seu gato pode ter uma intoxicação secundária. E é aí que mora o grande perigo.

Se seu gato caçou e acabou comendo o rato caçado, ele corre um grande risco. Existem muitos venenos de ratos disponíveis no mercado e cada um age de uma forma, mas apenas para citar, um dos mais utilizados é um que “afina o sangue” e impede a coagulação, neste caso, o animal acaba morrendo por sangramentos internos GENERALIZADOS. E se de repente, o seu animal começar a apresentar sinais como salivação intensa, mucosas pálidas, ficar gelado, com fortes tremores, dificuldade para andar, fraqueza muscular, sangramentos e apatia (quando o animal não responde aos estímulos) isso é um grande alerta, pode ser que realmente ele esteja envenenado.

 O que fazer?

O gato que ingere um rato envenenado pode acabar absorvendo parte deste veneno e corre grande risco de vida. A questão é que nem sempre os sintomas vão surgir de imediato, pode ser que surjam logo ou podem demorar alguns dias. Então, se você viu ou desconfia que isso tenha ocorrido, não espere ele demonstrar sinais, leve-o imediatamente ao veterinário. O tratamento é uma emergência e não há nada que possa ser feito em casa, sem o auxílio ambulatorial. A única coisa que pode ajudar é manter seu gato aquecido, pois ele pode entrar em choque. E se por acaso, o rato tenha ingerido um veneno que você mesmo colocou na casa, é importante levar a embalagem do produto ou ao menos o nome para informar o Veterinário. Assim, ele saberá exatamente o tipo de princípio e o que fazer para salvar o seu animal.

Não tente nenhum tipo de “antídoto” em casa, apenas o veterinário saberá como e com que medicar. Lembre-se de um recado muito importante: Aqui o tempo é crucial, o animal pode vir à óbito em questão de horas, minutos, se não for atendido rapidamente. Não perca tempo fazendo receitas caseiras ou vendo se o animal melhora sozinho. O Veterinário poderá entrar com o tratamento rapidamente e tentar salvar a vida do seu bichano.

Agora, uma dica final: se você tiver problemas com ratos em casa, mantenha os cães e gatos afastados do veneno e longe dos ratos, pois além do envenenamento, outras doenças infecciosas e igualmente graves também podem se tornar um enorme problema pra você.

 

Larissa Salles Teixeira

CRMV/PR 11718

Cornélio Procópio – PR

7319 Visualizações
( 5 )

Veja também:

Meu-cachorro-come-fezes-do-gato-–-o-que-eu-faço
Meu cachorro come fezes do gato
Alergia-ao-pelo-do-gato---o-que-fazer_site
Alergia ao pelo do gato – o que fazer?
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest