Seu cachorro ou gato comeu uma planta tóxica e você não sabe o que fazer?
Leia a matéria e descubra.

 

Ter um animal de estimação em casa é uma grande responsabilidade, não é mesmo? Ainda mais porque os pets, muitas vezes, se comportam como crianças e o tempo todo temos que ficar observando e tomando uma série de cuidados para manter a saúde em dia.

Mas, e quando, em um momento de descuido, seu cachorro ou gato ataca seu lindo jardim e ingere alguma planta tóxica, você sabe o que fazer nessas situações? Muitas plantas, apesar de sua extrema beleza, podem contar substâncias extremamente venenosas para cães e gatos quando ingeridas. E não necessariamente a planta inteira conterá componentes tóxicos, às vezes, é somente a folha, o caule, a semente, enfim.

Veja alguns exemplos das plantas mais comuns que você pode ter em casa e que podem levar desde problemas gastrointestinais mais leves até quadros graves que matam o animal, se não forem tratados a tempo:

Azaleia
Antúrio
Arnica
Bico de papagaio
Comigo-ninguém-pode
Copo de Leite
Coroa de Cristo
Costela de Adão
Espada de São Jorge
Espirradeira
Hortênsia
Samambaia
Mamona
Lírio
Babosa

 

Além das plantas acima, muitas outras podem estar na lista de plantas tóxicas para o pet, então a dica é que caso você tenha um animalzinho de estimação em casa, investigue se os tipos de plantas que você possui são ou não venenosos para ele. Caso a resposta seja positiva, recomendamos que você restrinja o acesso do pet ao jardim ou utilize vasos suspensos, aos quais o pet não terá acesso (atenção maior com os felinos).

 

» MEU ANIMAL COMEU UMA PLANTA VENENOSA – O QUE FAZER?

Quando um animal ingere uma planta tóxica ou parte dela, os sintomas vão depender muito da quantidade que ele ingeriu, do potencial venenoso da planta, do tempo que se passou até o socorro, enfim, são muitas variáveis. Mas de forma geral, os sintomas que os animais podem ter vão desde vômitos, diarreia, até falta de apetite, apatia, aumento dos batimentos cardíacos, excesso de salivação, tremores, mucosas arroxeadas e mesmo, a morte em casos mais graves.

Nossa dica é que se você perceber a ingestão de plantas pelo seu pet, leve-o imediatamente ao médico veterinário. O socorro deve ser feito de forma rápida, evitando que o organismo absorva aquela toxina, ou então que absorva a menor quantidade possível.

Embora o animal pareça estar bem, ainda assim a consulta com o veterinário é importante, porque os sintomas podem não surgir imediatamente, e sim conforme a toxina é absorvida. Então, o animal DEVE ser levado o quanto antes. Não tente seguir dicas caseiras ou induzir o vômito sem orientação, ok?

 

 

Agora já sabe, né? Se você tem alguma das plantas citadas acima ou se tem dúvidas se suas plantas podem ou não ser tóxicas ao animal de estimação, converse com o veterinário. Afinal, melhor prevenir, não é mesmo?

 

Leia mais sobre o assunto em: Nem tudo são flores!

 

Gostou desse conteúdo? Curta e compartilhe com seus amigos.

 

 

Larissa Salles Teixeira
CRMV/PR 11718
Cornélio Procópio – PR

Luna - Bicho Amigo

Esta aqui é Luna!
Quer ver seu amiguinho aqui também?
Envie a foto dele para o Bicho Amigo!

Veja também:

Meu-Cachorro-esta-gordo-MundoPet_-LupusAlimentos
Meu cachorro está gordo
Meu-gato-nao-para-de-vomitar-MundoPet-LupusAlimentos
Meu gato não para de vomitar
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest