Acariciar um cãozinho ativa a produção de serotonina, substância que reforça as defesas do organismo. Sem contar que faz um bem tremendo ao seu bicho!

Criar afetividade com o bichinho de estimação faz bem ao corpo e à mente do homem. Aproveite a companhia do seu amigo de patas e retribua todo o carinho com uma massagem. Veja como:

Escolha hora e lugar

O processo inteiro deve ser divertido e confortável, permitindo que, com o hábito, o animal relaxe e se entregue. Escolha um cantinho gostoso e silencioso. Gatos geralmente ronronam e alguns cães até emitem sons de prazer como se estivessem dizendo: “Hum, que delícia!”.

Intensifique o carinho

O toque deve virar uma massagem investigativa. Para isso, apalpe a cabeça, o corpo, a barriga, as pernas, as patas, o rabo. Sinta a pele, os pelos, os músculos e os ossos. Com jeitinho, observe ouvidos, focinho e dentes.

Fique atenta às reações

Elas vão indicar se existe alguma coisa errada com a saúde dele. Caso o animal esteja gemendo ou demonstre algum incômodo, desconforto ou qualquer tipo de dor, procure um veterinário de confiança.

Ofereça repeteco

Quanto mais massagem, mais você conhecerá o bicho fisicamente, além de descobrir os locais em que ele gosta de ser tocado e que tipo de carinho mais lhe agrada. Nos fins de semana, faça a massagem com calma. Ele é do tipo que assiste televisão junto com você? Aproveite!


5 motivos para fazer uma boa massagem

1. Ajuda a relaxar

Quando sentimos cansaço ou desconforto físico, logo pensamos em uma massagem, certo? Então lembre–se: massagear seu bicho tem efeito terapêutico redobrado, porque também desestressa o “massagista”.

2. Estreita laços

Durante a sessão, você curte seu amigo melhor e mostra a ele que seu amor resiste à correria da vida moderna.

3. Previne doenças

Tocar seu animal e investigar o corpo dele ajuda a descobrir possíveis distúrbios e evitar que eles piorem com o socorro especializado adequado.

4. Facilita as idas ao veterinário

Bicho que recebe massagem se acostuma ao toque e à manipulação e não oferece resistência ao exame clínico.

5. Remedia problemas

Na Inglaterra existe até uma clínica de massagem para cachorros que trata problemas de locomoção.

Fonte: mdemulher.abril.com.br

236 Visualizações

Veja também:

dogue_alemao_filhote
Porque não cortar o rabo do seu cachorro
cama_pet
Aprenda os cuidados para dividir a cama com o pet
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest