Você notou alguma mudança na coloração dos olhos do seu animal recentemente? Eles estão ficando com a cor azulada?

Olhe bem para os olhos do seu pet e responda a seguinte pergunta: você notou alguma mudança na coloração dos olhos do seu animal recentemente? Eles estão ficando com a cor azulada? Então atenção! Isso pode ser um sinal de doenças oftálmicas como, por exemplo, a uveíte – um problema muito comum em cães e gatos – que vamos conhecer melhor nessa matéria.

A uveíte é uma inflamação da camada intermediária do globo ocular, que é composta pela íris, o corpo ciliar e a membrana coroide. Quando a inflamação ocorre nos dois primeiros componentes, ou seja, na íris e no corpo ciliar, a uveíte é chamada de anterior. Já quando a inflamação ocorre na membrana coroide, que forma a úvea posterior, ela recebe o nome de uveíte posterior.

»QUAIS SÃO AS CAUSAS DA UVEÍTE?

Nos cães e gatos, a uveíte pode ser causada por traumas, cirurgias, câncer ou mesmo por doenças infecciosas. Em gatos, os principais microrganismos envolvidos são o Toxoplasma gondii (causador da Toxoplasmose), Bartonella spp, o vírus da leucemia felina (mais conhecido como FeLV), o vírus da imunodeficiência felina (FIV) e o vírus da peritonite infecciosa felina (PIF), além de doenças causadas por fungos como a histoplamose, coccidiomicose e a candidíase.

No caso de cães, os principais microrganismos envolvidos são a bactéria causadora da Erliquiose canina (mais conhecida como Doença do Carrapato), a Leishmania spp., e os mesmos fungos que costumam infectar os bichanos.

Em cães, há ainda algumas condições como, por exemplo, a diabetes e as doenças metabólicas que podem levar à uveíte. Para determinar a causa definitiva do problema, uma consulta com um oftalmologista veterinário é fundamental.

»QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA UVEÍTE?

Os sintomas podem variar de um animal para outro, mas normalmente incluem:

  • Dor ocular (que pode ser percebida pela alteração no comportamento normal do animal);
  • Vermelhidão nos olhos;
  • Lacrimejamento;
  • Sensibilidade à luz;
  • Nebulosidade nos olhos (surgem como pequenas névoas);
  • Cor alterada dos olhos (como um “azulamento”, característico de processos inflamatórios).

»A UVEÍTE TEM TRATAMENTO?

Sim, a uveíte tem tratamento, mas este deve ser feito somente com a orientação de um Médico Veterinário o mais brevemente possível.

O tratamento visa aliviar os sintomas que o animal está sentindo, como a dor ocular, e preservar a visão, minimizando assim, as sequelas da inflamação. No tratamento poderão ser utilizados tipos diferentes de colírios com poder anti-inflamatório e medicamentos específicos para tratar a causa dessa inflamação, pois como vimos anteriormente, ela pode estar relacionada às infecções, traumas ou até mesmo o câncer. Então, tratar também a causa-base do problema é essencial para o sucesso da terapia.

Se você desconfia que o seu animalzinho está com alguma dificuldade para enxergar, dor nos olhos ou mudança de coloração (olhos azuis), consulte o Médico Veterinário rapidamente, assim você evitará que o problema se agrave.

                Gostou dessa matéria? Então curta e compartilhe com seus amigos e continue nos acompanhando por aqui, porque semana que vem traremos um conteúdo novo sobre a saúde do seu melhor amigo.

Você gostou de conhecer um pouquinho mais sobre as atitudes e o universo canino? Então continue nos acompanhando por aqui, pois sempre tem conteúdo novo para você e aproveite para deixar um comentário logo abaixo.

 

Larissa Salles Teixeira
CRMV/PR 11718
Cornélio Procópio – PR

Thor - Bicho Amigo | Lupus Alimentos

 

Este é Thor!
Quer ver seu amiguinho aqui também?
Envie a foto dele para o Bicho Amigo!

ACOMPANHE-NOS NO FACEBOOK E INSTAGRAM!

Veja também:

Modelo-Materia-Site
POR QUE MEU CACHORRO ARRANHA E CAVA O CHÃO ANTES DE SE DEITAR?
TRIQUÍASE-E-A-DISTIQUÍASE
CONHEÇA A TRIQUÍASE E A DISTIQUÍASE
QR Code Business Card