Quem adota um novo cãozinho normalmente não vê a hora de leva-lo para passear fora de casa, não é mesmo? Mas muita calma nessa hora. Vamos aprender o motivo pelo qual isso não é recomendado por boa parte dos profissionais.

Durante um passeio, o cão estará exposto a um ambiente ainda não conhecido, repleto de desafios por todos os lados. E quando falamos em desafios, estamos nos referindo a diversos vírus e bactérias que podem estar presentes fora de casa. Dessa forma, um cãozinho que ainda não recebeu todas as doses de vacina recomendadas pelo Médico Veterinário ainda não estará com seu sistema imune completamente pronto para se defender frente a esses “vilões”. Por isso é tão arriscado levar o pet para passear antes que ele complete o esquema de vacinação indicado pelo profissional que cuida de sua saúde.

QUANDO POSSO LEVAR O PET PARA PASSEAR?

De acordo com a indicação do Médico Veterinário, mas de forma geral, cerca de 30 dias depois da última dose de vacina, pode se considerar que o animal já terá um sistema imune mais apto para atuar, caso precise. Obviamente, nenhuma vacina protege o animal contra 100% dos desafios. Por isso é sempre bom evitar contato com animais doentes e locais possivelmente contaminados.

COMO A VACINA AGE NO ORGANISMO?

A vacina tem a função de fornecer vírus ou bactérias de uma forma que não cause nenhum mal ao pet, ou seja, no mercado há vacinas que contém em sua composição vírus e/ou bactérias atenuados ou mortos. Assim, isso é suficiente para estimular o sistema imune do pet, sem causar nenhum mal a ele.

O que o sistema imune faz é identificar este perigo e criar células de defesa e de memória no organismo. É como se o corpo entendesse o perigo e montasse um “exército” de células. Essas células ficarão prontas para atuar e em caso de desafios futuros que o pet venha a enfrentar como, por exemplo, quando ele entrar em contato com um desses vírus ou bactérias para o qual foi vacinado, esse “exército” será rapidamente ativado para combater o “invasor” e o corpo estará sempre pronto para se proteger.

Gostou desse conteúdo? Então compartilhe com seus amigos e fique de olho em nossa página no Facebook e no Instagram, pois sempre tem informação nova para você!

 

Larissa Salles Teixeira
CRMV/PR 11718
Cornélio Procópio – PR

Thor - Bicho Amigo | Lupus Alimentos

 

Este é Thor!
Quer ver seu amiguinho aqui também?
Envie a foto dele para o Bicho Amigo!

ACOMPANHE-NOS NO FACEBOOK E INSTAGRAM!

Veja também:

Cães e gatos podem ter alergia a pulgas?
Dog Foods
Conheça a linha de produtos Pet Food
QR Code Business Card