Chegamos em Janeiro e este mês quente é um mês favorável a uma maior incidência de pulgas nos nossos queridos cães e gatos. E por mais que tentemos nos livrar desse incômodo parasita, sabemos o quanto é difícil mantê-lo longe dos nossos pets, não é mesmo? Mas será que você o motivo pelo qual é tão difícil controlar as pulgas?

As pulgas são um dos ectoparasitas mais comuns em cães e gatos e podem atingir todas as raças e idades, de forma geral, causando um grande incômodo nos nossos animais. Elas ocasionam uma coceira sem fim, além de poderem levar a uma dermatite em animais mais sensíveis e também serem hospedeiras de um outro parasita intestinal, o Dipylidium caninum. O Dipylidium é um verme que infecta o animal quando ele ingere a pulga, na tentativa de removê-la. Esse verme acaba se alojando no intestino do animal e ao eliminar suas proglotes grávidas pelo ânus do pet, ocasiona uma coceira na região. O animal infectado pode eliminar pequenos “grãozinhos brancos” (proglotes) nas fezes, além de andar arrastando o bumbum na tentativa de aliviar a coceira.

Mas voltando ao problema das pulgas, uma dúvida muito comum dos tutores é justamente o porquê é tão difícil eliminá-las do animal. E a resposta é simples. Vejamos a seguir.

Por que é tão difícil eliminar pulgas definitivamente?

Algumas características deste parasita dificultam a sua completa e rápida eliminação. O maior obstáculo à eliminação completa deste parasita está justamente no seu ciclo de vida. Após as pulgas adultas eliminarem os ovos no pelo do animal, eles eclodem e as larvas descem para o ambiente, e por serem muito pequenas, não são vistas a olho nu e se escondem em frestas, tapetes e buracos pela casa. Assim, as larvas crescem e se transformam em pupas, um estágio muito resistente a diversos obstáculos. As pupas podem resistir no ambiente por cerca de até 200 dias. E aí está mais um problema para o seu combate. As pupas, quando encontram condições de ambiente, temperatura e umidade ideais, normalmente no verão, então eclodem e se transformam em pulgas adultas que vão infestar o animal.

Este ciclo todo pode levar até 6 meses para se completar, portanto, não adianta um tratamento antipulgas feito por apenas um ou dois meses. Para se eliminar completamente as pulgas, é preciso agir durante todo o seu ciclo de vida.

É importante saber que as pulgas são ectoparasitas temporários, ou seja, elas sobem ao animal para se alimentarem e depois descem para o ambiente para completar o seu ciclo biológico. Em teoria, apenas cerca de 5% das pulgas estão na pelagem do animal, enquanto os outros 95% estão distribuídos pelo ambiente, em diferentes estágios de vida (ovos, larvas, pupas).

Desta forma, quando se utiliza apenas um produto no animal (pipeta, shampoo, sabonete, coleira, comprimido antipulgas) e nada é feito no ambiente, as pulgas que eclodem no ambiente voltam a reinfectar o animal e o ciclo não é eliminado por completo.

Por isso, a única forma de dar fim nas pulgas definitivamente é tratando tanto os animais quanto o ambiente, de forma integrada e contínua. Para ajudar na limpeza do ambiente, é importante sempre lavar as cobertas e camas do animal, aspirar o local em que ele vive, além de frestas, buracos e tapetes e agir em conjunto com um antipulgas no pet durante vários meses, de acordo com a orientação do médico veterinário. Além disso, é muito importante evitar que o pet se reinfecte, por exemplo, entrando em contato com um ambiente ou outro animal infestado.

Agora que você já sabe como manter o pet longe das pulgas, ficou mais fácil se ver livre deste parasita, não é mesmo? Na dúvida, sempre consulte um profissional de sua confiança.

Gostou desse conteúdo? Então compartilhe com seus amigos e fique de olho em nossa página no Facebook e no Instagram, pois sempre tem informação nova para você!

 

Larissa Salles Teixeira
CRMV/PR 11718
Cornélio Procópio – PR

Thor - Bicho Amigo | Lupus Alimentos

 

Este é Thor!
Quer ver seu amiguinho aqui também?
Envie a foto dele para o Bicho Amigo!

ACOMPANHE-NOS NO FACEBOOK E INSTAGRAM!

Veja também:

Glândula anal inflamada em cães
Meu animal foi picado: o que fazer?
QR Code Business Card