Um problema muito comum que afeta a audição do seu cãozinho, além de causar muito incômodo e dor. Você sabe como identificar os sintomas da otite? Veja agora mesmo.

 

 

Eles podem até não saber falar, mas é na mudança de comportamento que podemos notar as diferenças e os sinais sutis de que algo não vai bem, não é mesmo? E será Exemplo de Otite | Lupus Alimentosque você sabe identificar quando o seu cachorrinho ou gato está com dor de ouvido ou pior ainda com uma otite? Conheça agora mesmo os sinais desse problema.

A otite, afecção comum na clínica veterinária, resulta de uma inflamação do conduto auditivo, com vários agentes infecciosos e fatores predisponentes envolvidos. As possíveis causas podem ser subdivididas em:

 

1. FATORES PREDISPONENTES

Morfologia do conduto auditivo, conformação das orelhas, doença sistêmica, alterações climáticas.

 

2. FATORES PRIMÁRIOS

Presença de parasitas (ácaros, carrapatos), presença de corpo estranho, hipersensibilidade, desordem de queratinização.

 

3. FATORES PERPETUANTES

Infecção bacteriana, infecção por fungos como a malassezia, por exemplo.

Esses fatores podem atuar em conjunto colaborando com o surgimento e com a permanência do problema. Mas são eles o nosso ponto de partida para diagnóstico e tratamento.

 

»SINTOMAS

Os sintomas da otite podem ser variados e surgir em apenas um ou nos dois ouvidos. Procure identificar se o seu animal apresenta alguns desses sintomas relacionados abaixo e que podem ser indícios de uma otite:

• Coceira na orelha;
• Movimentação da cabeça para o lado;
• Cão manifesta dor e incômodo ao coçar a orelha;
• Odor ruim ou exsudação no conduto auditivo;
• Secreções enegrecidas ou em excesso no conduto auditivo;
• Descamação.

 

»DIAGNÓSTICO

Para se chegar ao diagnóstico, o Veterinário realizará uma boa anamnese, que nada mais é que uma tentativa de coletar o máximo de informações sobre o histórico do animal, início da manifestação de sintomas, se ele já teve problemas anteriores, se já foi tratado, enfim, trata-se de uma entrevista feita com o tutor para garantir a maior quantidade de informação possível.

A segunda parte inclui o exame físico, exame dermatológico, a otoscopia, assim como exames laboratoriais que também podem ser solicitados pelo Veterinário, como por exemplo, exames citológicos, radiológicos, exame de cultura e antibiograma e outros. Assim, com todos esses dados em mãos, o veterinário poderá estabelecer o diagnóstico e a melhor terapia para o seu animalzinho.

 

»TRATAMENTO

Como existem várias causas de otite, o tratamento deve ser sempre focado em identificar e eliminar ou minimizar essas causas.

De maneira geral, porém, o tratamento envolverá a limpeza com soluções específicas para esse fim, que deve ser feita sempre com muito cuidado, evitando a lesão do tímpano. A limpeza é um ponto fundamental no tratamento, pois é o que garantirá que o conduto auditivo estará limpo o suficiente para receber as medicações prescritas pelo veterinário, que podem conter fórmulas para tratamento de fungos, bactérias e outros agentes.

Além da terapia tópica, que é essa feita diretamente no ouvido do animal, o veterinário também poderá prescrever, dependendo da gravidade do caso, uma medicação sistêmica, que poderá incluir comprimidos, por exemplo, tendo uma ação no organismo como um todo.

A otite pode até parecer um problema comum e sem muita importância num primeiro momento, mas em casos não tratados e reincidentes, o animal pode até mesmo perder sua audição. Então, não dá para brincar ou perder tempo, certo? Não espere o quadro se agravar para levar o pet ao veterinário, pois quanto mais cedo o problema for identificado, mais rápido será o tratamento, além das chances de sucesso serem muito maiores.

 

Gostou dessa matéria? Então compartilhe com seus
amigos e fique de olho, semana que vem tem mais.

 

 

Larissa Salles Teixeira
CRMV/PR 11718
Cornélio Procópio – PR

Kiara - Bicho Amigo

Esta é Kiara!
Quer ver seu amiguinho aqui também?
Envie a foto dele para o Bicho Amigo!

Veja também:

Meu gato está vomitando pelos | Lupus Alimentos
Meu gato está vomitando pelos – o que eu faço?
Quantas vezes por dia devo dar ração ao meu gato? | Lupus Alimentos
Quantas vezes por dia devo dar ração ao meu gato?
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest