Cães não só pensam em seus donos como confiam muito mais neles que nos próprios animais da espécie.

Muitos donos pensam em seus cães durante o tempo todo que passam longe deles, não é verdade? E essa preocupação toda só aumenta na época de férias, pois muitos donos viajam e deixam seus cãezinhos em hotéis para animais. Seja no trabalho ou em uma viagem você pode até se perguntar:

– “Será que meu cão está bem?”
-“O que será que ele está fazendo”

E aí vem uma grande novidade e curiosa informação: Sabia que seu cão também pensa em você? Cientistas descobriram já há algum tempo que os animais são capazes de reconhecer algumas palavras (mais de 200 palavras), o que se assemelha muito à inteligência de uma criança. Descobriram também que eles conseguem reconhecer a entonação da fala e os sentimentos que passamos a eles. Agora recentemente concluíram que os cães não só pensam em seus donos, como confiam muito mais neles, que nos próprios animais da espécie.

Os animais também enxergam os tutores como seus “pais”, sabia? Após alguns estudos perceberam a presença de um efeito que ocorre na ligação entre os seres humanos, mais precisamente entre pais e filhos. Este mesmo efeito foi observado nos cães ao se relacionar com seus donos, é o chamado “efeito da base segura”.

Além disso, os estudiosos já provaram por A + B que os cães, ao encontrarem com os seus tutores, ativam o sistema de recompensa do cérebro, finalizando com uma excelente sensação de alegria e bem-estar. O mesmo não ocorria quando eles estavam sozinhos, sem companhia. Agora, não ache que os cãezinhos precisam de uma companhia qualquer para ativarem todo este sistema de bem-estar, não. Eles fizeram os mesmos testes utilizando um ser humano desconhecido pelo cãozinho…e o resultado? Nada mudou, eles continuavam tristes e quietos, até que seu próprio dono surgisse.

Isso explica muita coisa do comportamento animal, inclusive sobre a ansiedade da separação que já falamos aqui anteriormente. O cão ou gato que é muito ligado ao dono, quando fica sozinho e seu dono sai para trabalhar, pode ficar triste ou ansioso, sem apetite ou sofrendo com a automutilação. Alguns animais se machucam tanto, mas tanto, que depois é necessário um longo tratamento da ferida (normalmente da patinha ou da cauda) feito pelo Médico Veterinário.

É interessante saber que os nossos bichinhos também pensam em nós, tanto quanto nós pensamos neles, não é mesmo? E ainda há quem diga que eles não tem sentimentos …

 

 

Larissa Salles Teixeira

CRMV/PR 11718

Cornélio Procópio – PR

420 Visualizações

Veja também:

pugas-e-carrapatos
Pulgas e Carrapatos vem ai!
15-Alimentos-proibidos-para-cães-e-gatos
15 Alimentos proibidos para cães e gatos
QR Code Business Card

Pin It on Pinterest